Páginas

16 junho 2015

Os dias que limpei meu quarto



Quando estamos em um momento parado de nossas vidas, em que praticamente nada novo ou emocionante acontece tendemos a ter crises de ansiedade frequentes. Comigo não é diferente, então resolvi arrumar o meu quarto, já que sou bem bagunceira, e ter uma nova energia circulando, porém não esperava por nada o que vim a encontrar...
              
Que eu era uma bagunceira, sempre soube e nunca foi uma novidade pra mim, mas me surpreendi com a quantidade de coisas que tinha guardadas! Encontrei papéis do começo da faculdade que não iriam alterar em nada o andamento da minha vida se jogados fora e por ai foi indo.

Sério, foram embora oito, OITO, sacos grandes de lixo. Muita coisa foi pro reciclável, mas mesmo assim fiquei muito surpresa. Me senti uma acumuladora e o pior é que a maioria das coisas que joguei fora eu já ia jogar anteriormente e fiquei com preguiça de jogar naquele momento e foram se perdendo.

Bastou começar para me empolgar e começar a limpar tudo, roupas que não uso mais, bolsas guardadas há séculos (e com dinheiro!!!), livros que não gostei etc.

Não foi um processo tão rápido, demorei uns três dias porque queria mexer nas coisas com boa vontade, sem sentir que era uma obrigação. E deu certo, porque estava mais aberta a abrir mão de muitas coisas. Terminei tudo? Ainda não!!! Pois é, nem eu acredito nisso, mas quero realmente dizer adeus a tudo o que não quero MESMO.

Hoje olhando para o meu quarto me sinto mais leve e confortável, já tem uma semana que fiz toda essa mudança e até o momento estou conseguindo manter. Comprei algumas coisinhas, mas assim que cheguei em casa já mandei embora o que iria ser substituído, como bolsas e carteira.


Estou super animada e recomendo para todos, chega até a ser terapêutico. É bom saber que estou controlando as bagunças de alguns setores da minha vida.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2013 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal